Contact Us
Queres começar uma carreira em tecnologia? Experimenta as Power Apps
Tempo de leitura: 5 minutos

Queres começar uma carreira em tecnologia? Experimenta as Power Apps

Por Diogo Gomes

Comecei a minha carreira em tecnologia de uma forma um pouco diferente da maioria dos programadores que trabalham na Xpand IT. Permitam-me partilhar um pouco da minha história: estudei programação de videojogos e, embora haja muito conhecimento específico da área que normalmente não seria útil para uma empresa normal de IT, a grande maioria dos conceitos são os mesmos quer estejas a fazer o próximo GTA um clone do Snapchat. Então, quando tive a minha primeira entrevista na Xpand IT, perguntaram-me se eu conhecia a tecnologia Microsoft Power Apps. Eu não fazia a mínima ideia do que eles estavam a falar. E mesmo depois de me terem explicado o que é, não fiquei totalmente convencido. Lembro-me de ter pensado na altura: “como é que se constrói algo complexo sem código? Mas confesso que despertou a minha curiosidade e então aceitei o desafio.

Deixa-me dizer-te que subestimei as Power Apps. Quando andava a fazer jogos, demorava algumas semanas até ter uma demo jogável que se parecesse minimamente com o design do jogo final. Foram muitas horas a olhar para código para descobrir porque é que a minha personagem morria sempre que saltava para cima de uma cadeira. Com as Power Apps, desenvolvi uma aplicação totalmente funcional na minha primeira semana de trabalho.

Fiquei surpreendido ao ver como a plataforma é simples em comparação com o que é capaz. Não me interpretem mal: sendo completamente honesto, está claro que as Power Apps ainda têm muito a melhorar. Existem inúmeros aspetos ainda em desenvolvimento, mas se queres construir uma aplicação com pouco ou nenhum código, ou se quiseres mudar  de tecnologias e começar a desenvolver para web e mobile; ou melhor ainda, se és exatamente como eu, acabado de entrar no mundo da tecnologia e queres começar uma carreira em tecnologia, então pode ser a escolha perfeita para iniciares.

Mas o que são exatamente as Power Apps?

Power Apps é a solução da Microsoft para “criar aplicações de nível profissional da forma mais fácil”. Com mais de 200 modelos disponíveis, de Budget Tracker a Trip Organizer, vais quase sempre encontrar um modelo que podes adaptar às tuas necessidades. Outra vantagem é que, se não houver nenhum disponível, fazeres a tua aplicação a partir do zero é acessível mesmo que nunca tenhas programado antes. No entanto, vais sempre precisar de conhecimentos avançados de código se precisares de desenvolvimentos personalizados ou integrar a tua app com outros serviços. Tudo o que precisas aqui para começar a construir aplicações é paixão por tecnologia e vontade de aprender. É realmente muito simples. Vale a pena experimentares se queres começar uma carreira em tecnologia.

Nem precisas de te preocupar com as versões para Android ou iOS porque a aplicação será executada em ambas as plataformas sem nenhuma configuração extra. Se já usaste Excel ou PowerPoint, vais sentir-te em casa, pois a interface combina os recursos de ambos, como slides e barras de fórmulas.

Outro grande recurso da Power Platform é o Power Automate (antes conhecido como Microsoft Flow), que é o “cérebro” por detrás dos Power Apps. Com o Power Automate, podes criar fluxos de trabalho automatizados, como o envio de uma notificação aos utilizadores quando um dos seus arquivos é atualizado ou iniciar fluxos de aprovação quando um formulário é enviado. Tens centenas de modelos que podem ser facilmente adaptados a todas as necessidades da tua empresa.

Power Apps e Power Automate combinados são ferramentas muito poderosas, tanto nas mãos de alguém novo em programação como em alguém com décadas de experiência.

Desafios ao usar Power Apps

Quando entrei para a Xpand IT e iniciei a minha carreira em tecnologia, fui o primeiro developer exclusivo de Power Apps. Outros trabalharam com Power Platform (Power Apps, Power Automate, Power BI), mas fui o primeiro a ser contratado apenas para este desafio. E o facto de ser recente significa que a documentação pode estar desatualizada ou, em alguns casos, inexistente. Mas a comunidade estava lá para me ajudar. A maioria dos problemas que enfrentei foi anteriormente encontrada por outra pessoa e, quando partilhei os meus próprios problemas, alguém estava lá para me ajudar.

Outro aspeto é que Power Apps não pode ser usado para todas as finalidades. Isto é, é uma plataforma business-driven, o que significa que é apenas para uso interno da empresa. É útil, por exemplo, para criar aplicações de registo de despesas, manutenção de stocks ou até mesmo folhas de registo de horas dos colaboradores. Para além disso, as aplicações Power Apps não estão disponíveis para uso público, apenas os utilizadores dentro do Office 365 da sua empresa poderão aceder. Existem também algumas coisas que podes ainda não conseguir fazer através da plataforma, já que muitos funcionalidades ou estão a ser desenvolvidas ou estão em backlog na Microsoft. Podes  também contribuir e votar nos recursos que desejas ver implementados primeiro. Mesmo assim, tenho encontrado sempre uma maneira de manter o cliente feliz, ajustando as suas necessidades ao que a plataforma é capaz em cada momento.

Independentemente dos desafios que enfrentei ao desenvolver em Power Apps, acho que a Power Platform da Microsoft mostra muito potencial e definitivamente vale a pena tentar. Porquê?

5 razões para experimentares Power Apps no início da tua carreira em tecnologia

1) Suporte multiplataforma

Com Power Apps, podes desenhar e criar uma aplicação uma vez e disponibilizá-la instantaneamente em todos os dispositivos iOS, Android e Web. Não há necessidade de trabalhar na mesma aplicação para dispositivos diferentes!

2) Não há necessidade de passar por uma App Store

Não precisas de te preocupar que a tua aplicação seja aprovada na App Store ou Play na Store, uma vez que Power Apps já tem uma app onde tens acesso a todos as aplicações que possuis ou que são partilhadas contigo. Isto significa que podes enviar atualizações para os utilizadores internos instantaneamente, sem esperar por atualizações ou downloads!

3) Abordagem low-code

Com mais de 200 modelos e uma experiência semelhante a Excel/PowerPoint, até mesmo funcionários que não são técnicos podem criar aplicações internas que podem fornecer valor para as empresas.

4) Conectividade a outros serviços

Podes interligar a tua aplicação a serviços diferentes usando mais de 200 conectores. Então, mesmo que estejas a usar um produto que não seja da Microsoft, é muito provável que exista um conector que permite automatizar o seu fluxo de trabalho usando o Power Automate. E se não existir, podes criá-lo – e integrá-lo.

5) Reduz o tempo de desenvolvimento

Com modelos, designer visual e automação de fluxo de trabalho, as Power Apps aceleram drasticamente o tempo de desenvolvimento, deixando muito mais tempo para a personalização e teste da aplicação. Com o tempo adicional que se disponibiliza reduzindo o tempo de desenvolvimento, é garantido que a tua aplicação pode ser implementada mais rapidamente, sem comprometer a qualidade ou o desempenho.

Conclusão

Desde que comecei a trabalhar com esta plataforma, criei aplicações para uso interno de diferentes empresas em vários setores, como serviços financeiros, transportes públicos, retalho, etc. Também criei aplicações para a nossa empresa. Acredito que o meu trabalho e as aplicações que construo tornam a vida mais fácil para as pessoas que as usam.

Assim, espero ter-te convencido a experimentar Power Apps agora que estás a começar uma carreira em tecnologia. É uma plataforma muito poderosa que podes aprender a usar rapidamente e que está em constante melhoria, o que significa que só vai ficar melhor a cada dia que passa. Podes começar a tua viagem neste artigo ou explorar os modelos existentes. E, se tiveres alguma dúvida, fala connosco – talvez possamos ajudar.